segunda-feira, 12 de maio de 2008

ctrl+c

Caro viajante, segue um resumo dos últimos acontecimentos no Brasil:

O travesti Ronaldo Fenômeno foi acusado de atirar um padre preso a balões da janela de um prédio durante o terremoto ocorrido em São Paulo, possivelmente causado pela prisão do jornalista Roberto Cabrini na usina de Itaipu.

[a vida mata a pau]

 
 
Blogar, a gente blogamos. Mas não é assunto sério. É como colecionar fusca: uma coisa que se faz.
Agora, imaginem ler textos sobre "coleção responsável de fuscas", ou "como ser um fusqueiro de sucesso"; ou entrar em polêmica com mecânicos para saber quem é mais relevante na fuscosfera.
Quem agüenta? Não dá nem para rir.
 
 
 
 
 
levei as torradas da janta pra ver o futebol que estivesse passando na globo. dei com o queijo na cobertura do caso Nardoni.

quer dizer - tecnicamente. era filmagem de algazarra esperando o casal sair de casa pra ir em cana.
globonews, o mesmo. bandeirantes, o mesmo, só que com o câmera no meio do tumulto e repórter gritando.
em seguida, minutos e minutos da aérea do deslocamento das viaturas na estrada. e o mesmo texto sendo repetido AD NAUSEUM.

relevância = GUARANÁ ZERO.

não apenas o jornalismo morreu, como o cadáver FEDE.

terminada a janela (de cobertura) ao vivo, um senhor diz à câmera que sempre achou normal sentar no vaso por um tempão até de conseguir soltar um barro. sua senhora comenta sorrindo "ih, ficava horas". comercial de iogurte.

[Bereteando]

 

Quando Seu Naná, o bêbado da vila, foi encontrado morto, a cara na poça d'água da sarjeta, passado o susto, todos riram. A autópsia que alguém se lembrou de fazer revelou morte por afogamento, o que fez com que todos rissem mais uma vez. Riram ainda mais quando, mexendo nos papéis dele, descobriram que se chamava Narciso. A vida é uma festa.

[Brancoleone]

 

- Amor, estou preocupada. Dá uma olhada nas minhas mãos. Elas não estão super amareladas?

- Nossa, estão sim. 'Cê andou peidando?

[Eneaotil]

 

O popstar Dalai Lama ameaçou tocar fogo às vestes de Richard Gere se a repressão chinesa aos manifestantes tibetanos prosseguir. O astro americano, alegando conflitos de agenda, não pôde ir mas enviou uma mala cheia de peças de seu vestuário, para não comprometer o ritual. O Dalai Lama também cansou de pedir à China a independência do Tibete e acabou pedindo mesmo um frango xadrez, dois rolinhos primavera e troco para cinqüenta. O líder religioso chegou a pensar em sugerir ao Tibete o boicote aos Jogos Olímpicos em Pequim este ano, mas voltou atrás ao descobrir que ninguém perceberia. Finalmente, hoje cedo ele ameaçou renunciar ao budismo, se a situação não se resolver, e converter-se ao candomblé, só para se contrapor ao premiê chinês Wen Jiabao: "É melhor ser pai de santo do que filho da puta".

[Ao Mirante, Nelson!]

Nenhum comentário: