quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

pois então. tive umas dores fortes na lateral da barriga e, depois de me certificar de que não era peido preso (trocentos comprimidos de luftal, tks, sogra!), fui pro hospital, né. segundona, pensei comigo, vou lá, tomo alguma coisinha pra dor e bora pra casa. era o mundo das pedras de vesícula, fui internada, medicada, operada, putaqueopariu, que susto.

quando voltei da anestesia geral tava num calor que não me aguentava, enfermeira me cobria e eu jogava tudo no chão, e ela dizendo 'moça, tem homem aqui' e eu 'mas estou com CALOOOOOR', hahaha, foi horrível.

fiquei internada no hospital brasil, coisa linda de se ver, um quartão com varanda, ar-condicionado, tv a cabo, cama com regulagem de altura automática, olha, se eu não tivesse tão DOLORIDA e querendo vir pra minha casa logo, ia curtir deveras. ;)

o carinho da family, namoradón e amigos foi um show a parte, parece que até contagiou os médicos e enfermeiros, pq, olha, NUNCA FUI TÃO BEM TRATADA NA MINHA VIDA. então é isso, obrigada a todos pelas orações pra eu voltar viva da anestesia (hihi), mas vou indo pro quarto que tou meio enjoadenha ainda. bjos.


p.s.: hoje eu quaismurri de agonia a hora que a enfermeira começou a puxar o dreno de dentro da minha pessoa. zisus. e ainda tenho aflições várias a hora que tenho de trocar as bandagens. écate.

Nenhum comentário: