sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

eu olho pra essa foto da minha vó e me espanto. esses olhinhos mudaram com o tempo. naquela época ela devia ter tantos sonhos... era uma mulher bonita, vaidosa. ela é uma pessoa muito diferente hoje. me pergunto se ela era feliz.

minha vó levou uma vida muito sofrida. teve dez filhos, dois morreram ainda bebês. quando a gente é jovem, sempre sonha com uma vida melhor. acho que ninguém sonha em criar oito filhos, se matar de trabalhar dia e noite, ficar pobre (não que ela tenha sido rica algum dia, mas ela tinha algum conforto enquanto ainda morava com os pais), perder aos poucos a vaidade e seus sonhos de adolescente.

minha vó nem sempre foi vó, mãe, aquela mulherzinha miúda, que está em todos os lugares da casa ao mesmo tempo, cozinhando, lavando, passando, costurando, alimentando as galinhas, os porcos, os cachorros, varrendo a casa, fazendo café, dando comida pros filhos, pros netos. um dia ela foi uma jovem bonita e sonhadora. queria que ela também se lembrasse disso. mas com oito filhos, quatorze netos e uma vida inteira de luta não te sobra muito tempo pra divagações.

Um comentário:

KS Nei disse...

Ou são só as divagações...